Moda no Construtivismo Russo

construtivismo1.jpg

A Rússia mudou após a Revolução de 1917, o Partido Comunista fez exigências onde a cultura visual russa tivesse um caráter nacional, um valor de propaganda claro e que apresentasse uma utilidade para a sociedade.

Iniciou o movimento construtivista, que afirmava que os artistas não deveriam trabalhar mais isolados da sociedade. Era “guerra ao cavalete” e abraçaram totalmente a tecnologia, alguns dos seus principais influenciadores são Liubov Popova (1889-1924), Varvara Stepanova (1994-1958) e Alexander Rodchenka (1891-1956).

construtivismo blog.jpg

A arte chegou para a sociedade através das artes gráficas, moda, arquitetura, mobiliário e escultura. Foram fundados institutos de design, por exemplo, INKhUK (Instituto de Cultura Artística).

A Nova Política Econômica aconteceu em 1920, permitindo que os pequenos comerciantes e camponeses vendessem alguns tipos de produtos por conta própria. Assim, aumentavam o fluxo de capital.

construtivismo 2.jpg

Em 1923, Stepanova e Popova se tornaram chefes da equipe de design da primeira fábrica Estatal de Estamparia Têxtil, em Moscou, onde produziam tecidos nacionais. Tiveram dificuldades no início e, depois com a guerra os recursos da Rússia ficaram escassos. Criavam estampas que representassem suas ideias construtivistas e acabaram tendo sucesso com o decorrer do tempo.

Das 150 estampas criadas por Popova e Stepanova, 120 foram criadas. Faziam parte do design de moda construtivista e do debate prozodezhda (roupa de produção) e da spetsodezhda (roupa de especialista). Ainda escreveram sobre teoria da moda na revista Construtivista Esquerda.

construtivismo 7.jpg

Os construtivistas exigiam que as roupas fossem adequadas para as ocupações e atividades de quem fosse usar. Assim tinham que usar os materiais com economia, incentivar a produção em massa, criar modelos igualitários. Alguns modelos eram vestidos de papel descartáveis e túnica de mangas compridas. Quando usavam tecido, os primeiros modelos do traje soviético eram lona, linho cru, algodão cru, feltro, flanela, chita e lã grossa.

Atelier foi a primeira revista nacional de moda, no seu editorial apresentaram a principal meta e os objetivos mais importantes: “A ativa e incansável busca da identificação de tudo o que é criativamente belo, tudo que merece maior atenção no campo da cultura material”.

construtivismo 5.jpg

Obrigada por acompanhar!

Facebook / Twitter

Anúncios

Publicado por

Um comentário em “Moda no Construtivismo Russo

  1. Olá, tudo bem?
    Fiquei impressionada com o domínio do estado comunista na moda da época, mas entendi que os criadores inovaram com estampas de uma simplicidade e originalidade incríveis!

    Gostei da postagem, interessante e que narra um pouco da história da moda!
    E obrigada pela visita ao blog O Universo Espelho, seja bem vinda sempre que quiser voltar 😀

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s