Crônicas Volume 1 / Bob Dylan

cronicas bob dylan - letras e costuras.jpg

Tenho a lembrança de quando escutei o Bob Dylan pela primeira vez. Foi por volta de 2008, fiquei com um sorriso gigante e passei horas acompanhada pelos álbuns “Highway 61 Revisited”, “Bringing It All Back Home” e “Blonde on Blonde”.

Crônicas Volume 1 surgiu devido um pedido da gravadora do Dylan, foi lançado em 2004 e ganhou o Prêmio Nobel de Literatura 2016. Surgiram diversos debates, pessoas contra ou a favor do músico.

Já tinha sido lançado no Brasil pela Editora Planeta. Foi relançado com uma nova capa (a mesma da edição original) e, para deixar o espaço do folk no nosso coração mais feliz ainda, lançaram Tarântula, que Dylan escreveu em 1971.

As crônicas são divididas em 5 capítulos. Dylan começa bem no início da década de 60, quando as músicas tocadas nos rádios e palcos eram dominadas por banda inglesas como Beatles e Rolling Stones. Queria ser um cantor de folk e já almejava até determinada gravadora para lançar o seu disco.

gif dylan.gif

“Uma canção é como um sonho, e você tenta torná-la realidade”

Vamos descobrir detalhes de qual lugar tocou pela primeira vez em Nova York, o processo de compor as suas canções, como de Robert Allen virou Bob Dylan, sua vontade de ser revolucionário como o Picasso, seus relacionamentos, vontade de sempre fazer shows etc.

Tinha o costume de abrir o livro na metade, começa a ler e, se gostasse, voltava para o início. Cita nome de diversos autores que leu, como Liev Tolstói, Jean-Jacques Rousseau, Edgar Allan Poe, Voltaire.

Quando constituiu sua família, mudou um pouco e ficou mais isolado. Com trinta anos de carreira, explica como bolou estrategicamente para conquistar um público mais novo, pois o seu público que acompanhou a carreira desde o início envelheceu com os seus discos

Quando terminei Crônicas Volume 1, surgiu uma vontade de começar de novo. Recomendo o livro até para quem não conhece profundamente a carreira do cantor. Durante a leitura lembrei algumas vezes do “Só Garotos”, da Patti Smith, que também começa na década de 60 e ambos são grandes artistas.

328 páginas / Editora Planeta / ISBN 978-8542208979

Com certeza virou um dos livros favoritos da vida. Obrigada por acompanhar!

Anúncios

Publicado por

3 comentários em “Crônicas Volume 1 / Bob Dylan

  1. […] até o final do ano são “Guerra e Paz” do Liev Tolstói, “Tarântula” do Bob Dylan, “Duna” do Frank Herbert, “Vivienne Westwood” de Vivienne Westwood e Ian […]

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s