A pin-up Bettie Page

bettie-page-letras-e-costuras-1

Bettie Page nasceu no dia 22 de abril de 1923,  em Tennessee, Estados Unidos. Seus pais viajaram com todos os filhos para obterem uma situação financeira melhor, mas se divorciaram e as coisas ficaram mais difíceis. Bettie começou a trabalhar como cozinheira e costureira, depois seu pai voltou para casa e a abusou sexualmente quando era adolescente.

Algum tempo depois coordenou um grupos de arte dramática, se formou na Peabody College e foi morar em São Francisco com o seu marido. Seu primeiro trabalho na nova cidade foi como modelo em uma loja com casaco de peles. Quando tinha 27 anos, se separou e foi morar em Nova York.

Em 1950, conheceu o policial Jerry Tibbs que também era um fotógrafo amador. Disse para Bettie que possuía a testa bastante larga para usar o cabelo partido ao meio e, desde então, começou a usar a franjinha que virou a sua marca registrada. Depois outras pin-ups também adotaram a franja.

bettie-page-letras-e-costuras-5

tumblr_mid6xha1ic1rslxk4o1_500

bettie-page-letras-e-costuras-2

Começou a costurar os seus próprios biquínis e maiôs. Corpo curvilíneo, olhos azuis, franjinha e cabelo preto. Ficou bastante famosa, apareceu em diversas capas de revistas, participou de desfiles de beleza, atuou e também apareceu na televisão. Ficou sendo chamada de “Rainha das Pin-ups”.

 Diversas fotos que tirava era com os fotógrafos Irving Klaw e Bunny Yeager, continham nudez, em algumas era amarrada, cenários fetichistas etc. Em 1957, se mudou para a Flórida e casou de novo. Foi desaparecendo aos poucos da mídia, decidiu deixar a fama no lado B.

Se converteu ao cristianismo, se separou e casou de novo. Sua última entrevista foi em 1962. Teve depressão e quando era abordada por fãs dizia que não sabia quem era Bettie Page. Teve um surto psicótico e ficou presa por quase 10 anos. Na década de 90, com ajuda de um advogado conseguiu ganhar dinheiro com o direito de sua imagem que era usada de forma indevida. Teve um ataque cardíaco em 2008, ficou em coma e faleceu uma semana depois.

bettie-page-letras-e-costuras-4

Obrigada por acompanhar!

Anúncios

Publicado por

2 comentários em “A pin-up Bettie Page

  1. Sou apaixonada pela Bettie e realmente ela era a rainha das Pin-Ups! Inspira diversas mulheres e diversas subculturas até hoje. O filme e o documentário feitos sobre ela são incríveis também, ótimos para conhecer essa figura mais profundamente. Adoro a franjinha curta, tanto que tenho uma também haha
    beijos

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s