Capas de Julho

capas de julho 1

capas de julho 5

capas de julho 3

capas de julho 6

capas de julho 4

capas de julho 2

capas de julho 7

Qual a sua favorita? Obrigada por acompanhar!

Anúncios

Tag: 50%

Essa tag é sobre as melhores leituras de janeiro a junho de 2017, criada pelo Victor Almeida do canal Geek Freak. Até junho li 40 livros e, alguns são por motivos acadêmicos, mas deu para responder a tag quase toda. Let’s go!

tag 50% 1.jpg

Essa foi a pergunta mais difícil e sofri em demasia para escolher! Mas definitivamente “It A Coisa” do Stephen King foi o melhor e bastante ansiedade para o filme que será lançado em setembro.

tag 50% 2.jpg

Tinha escutado diversos elogios sobre a série Napolitana da  italiana Elena Ferrante. Pronto! Fiquei viciada na Lenu x Lina e, o terceiro livro, é o mais incrível de todos. Que série! Também estou bastante ansiosa para o seriado que está sendo produzido pela HBO.

tag 50% 3.jpg

Acompanho o canal do Vitor Martins há bastante tempo, sempre o achei bastante inspirador e “Quinze Dias” é o seu primeiro livro.

tag 50% 4.jpg

Pensei, pensei, pensei. Não me veio nada em mente. Tenho uma listinha dos livros que quero ler, mas no momento não ando desejando nada do que vai ser lançado.

tag 50% 5.jpg

“Assassinato no Expresso do Oriente” da Agatha Christie não é um livro ruim. Mas tinha lido um pouco antes “E Não Sobrou Nenhum”, que achei incrível e fui com expectativas altíssimas para esse.

tag 50% 6.jpg

Fui com expectativas altas e foi melhor do que imaginava. “Só Garotos” de Patti Smith é sobre amizade, música, arte, década de 60, fotografia e muito mais.

tag 50% 7.jpg

A incrível Elena Ferrante, sem dúvidas! Li pela primeira vez em janeiro e até junho acabei lendo  todos esses! HAHA!

tag 50% 8

Pensei bastante e nada. Inclusive é bem difícil disso acontecer comigo!
tag 50% 9.jpg

Não consegui escolher. Paz! Então fico com a Lenu depois do segundo livro da série Napolitana (doses extremas de Elena Ferrante!) e Túrin de “Os Filhos de Húrin” do Tolkien.

tag 50% 10.jpg

O final do “Herdeiro de Jedi” do Kevin Hearne deixou o meu coração só os caquinhos e me fez gostar um pouquinho mais do Luke Skywalker.

tag 50% 11.jpg

Gosto bastante do Sherlock Holmes, já tinha lido algumas histórias e ganhei o box com 4 volumes. Aproveitei para reler e foi muito bom e divertido.

tag 50% 12.jpg

Não assisti muitas, mas resolvi ficar com a primeira temporada de Desventuras em Série, baseada nos livros no Lemony Snicket.

tag 50% 13.jpg

Não costumo fazer tantas resenhas, mas às vezes estou indicando alguns livros por temas ou autores. Adorei a que indiquei 4 livros gracinhas da Rainbow Rowell.

tag 50% 14.jpg

A Darkside Books sempre arrasa, mas sem palavras para edição incrível do Edgar Allan Poe.

tag 50% 15.jpg

Sonhar é sempre bom! Então os livros que quero ler até o final do ano são “Guerra e Paz” do Liev Tolstói, “Tarântula” do Bob Dylan, “Duna” do Frank Herbert, “Vivienne Westwood” de Vivienne Westwood e Ian Kelly e “A Moda Imita a Vida” de André Carvalhal.

 

Quais as suas melhores leituras do primeiro semestre? Obrigada por acompanhar!

 

 

A Divina Comédia de Salvador Dalí

dalí - a divina comédia 1

“Dalí: A Divina Comédia” pertencem a uma coleção privada da Espanha.  As 100 gravuras foram realizadas pelo Salvador Dalí entre as décadas de 1950 e 1960, por encomenda do governo italiano para ilustrar uma edição comemorativa aos 700 anos de nascimento de Dante Alighieri (1265-1321).

Alguns conjuntos desta obra foram impressos com a colaboração dos editores Joseph Foret e Jean Estrade. Apresentadas inicialmente em Paris, 1960, o Inferno, em 1962, o Purgatório e, em 1964, o Paraíso.  De lá pra cá a exposição já ocorreu em algumas cidades do nosso país, como Rio de Janeiro e São Paulo e, até dia de 2 julho, estava em Fortaleza, na Caixa Cultural.

dalí - a divina comédia 2

dalí - a divina comédia 3

dalí - a divina comédia 5

dalí - a divina comédia 4

Obrigada por acompanhar!

 

Calendário Moda e Design | Julho

calendário moda e design julho 1.jpg

NDESIGN 2017

O Encontro Nacional de Estudantes de Design surgiu em 1991, tudo é organizado por estudantes para estudantes e sem fins lucrativos. São vários dias com palestras, oficinas, conhecendo pessoas do país inteiro, absorvendo novas ideias e muito mais. Já participei de 3 edições e conheci pessoas incríveis. Vale muito a pena! A 27ª edição vai focar em: Corpo & Espaço; Popularização do Design e da Universidade; Empoderamento & Representatividade e Acessibilidade.

Data: 15 a 23 de julho

Local: Campus Neoville da UTFPR – Curitiba

Site / Facebook / Instagram / Twitter

calendário moda e design julho 2.jpg

Inspiramais Inverno 2018

O Inspiramais ocorre a cada estação lançando mais de 800 materiais desenvolvidos pelas empresas participantes do evento, tudo com design, tecnologia e pensamento sustentável. Sua missão é inspirar a cadeia de produção da moda brasileira nacional e internacional. São mais de 120 expositores, exposição de 15 projetos e diversas palestras e oficinas com profissionais de renome.

Data: 03 e 04 de julho

Local: Centro de Eventos Pro Magno – São Paulo

Site / Facebook / Instagram

calendário moda e design julho 3.jpg

Fevest Festival 2017

Fevest é uma  Feira Brasileira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria-Prima. Conhecida como uma das principais feiras de negócios, voltada para compradores nacionais e internacionais, empresários, fornecedores e entidades ligadas à cadeia têxtil. Contará com um espaço de 12 mil m², quase 120 stands, indústrias de confecções, serviços, tecnologia e uma área gastronômica. Ainda terá palestras e workshops com estilistas, bloggers e profissionais do mercado de moda.

Data: 05 a 09 de Julho

Local: Nova Friburgo Country Club – Rio de Janeiro

Site / Facebook / Instagram

calendário moda e design julho 4.jpg

Francal 2017

A 49ª Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios possui o tropicalismo brasileiro como tema, com cores intensas, texturas e estampas marcantes. O evento vai apresentar em primeira mão no mercado nacional as novidades em modelos, cores, estampas e materiais. Meline Moumdjian, consultora, vai listar o Top Five das Cores que estarão presentes na estação.

Data: 02 a 05 de Julho

Local: Expo Center Norte – São Paulo

Site / Facebook / Instagram

EXTRA: EVENTO LITERÁRIO

calendário moda e design julho 5.jpg

FLIPOP

A FLIPOP é um final de semana dedicado à literatura jovem e seus leitores, organizado pela Editora Seguinte. Vai marcar presença autores nacionais e internacionais como Socorro Acioli, Benjamin Alire Saénz, Vitor Martins, Alwyn Hamilton, Babi Dewet, Luiza Trigo, Mayra Sigwalt, Eduardo Cilto etc.

Data: 08 e 09 de julho

Local: Expo Center Norte – São Paulo

Site (comprar ingresso) / Facebook / Twitter

Obrigada por acompanhar!

A pin-up Bettie Page

bettie-page-letras-e-costuras-1

Bettie Page nasceu no dia 22 de abril de 1923,  em Tennessee, Estados Unidos. Seus pais viajaram com todos os filhos para obterem uma situação financeira melhor, mas se divorciaram e as coisas ficaram mais difíceis. Bettie começou a trabalhar como cozinheira e costureira, depois seu pai voltou para casa e a abusou sexualmente quando era adolescente.

Algum tempo depois coordenou um grupos de arte dramática, se formou na Peabody College e foi morar em São Francisco com o seu marido. Seu primeiro trabalho na nova cidade foi como modelo em uma loja com casaco de peles. Quando tinha 27 anos, se separou e foi morar em Nova York.

Em 1950, conheceu o policial Jerry Tibbs que também era um fotógrafo amador. Disse para Bettie que possuía a testa bastante larga para usar o cabelo partido ao meio e, desde então, começou a usar a franjinha que virou a sua marca registrada. Depois outras pin-ups também adotaram a franja.

bettie-page-letras-e-costuras-5

tumblr_mid6xha1ic1rslxk4o1_500

bettie-page-letras-e-costuras-2

Começou a costurar os seus próprios biquínis e maiôs. Corpo curvilíneo, olhos azuis, franjinha e cabelo preto. Ficou bastante famosa, apareceu em diversas capas de revistas, participou de desfiles de beleza, atuou e também apareceu na televisão. Ficou sendo chamada de “Rainha das Pin-ups”.

 Diversas fotos que tirava era com os fotógrafos Irving Klaw e Bunny Yeager, continham nudez, em algumas era amarrada, cenários fetichistas etc. Em 1957, se mudou para a Flórida e casou de novo. Foi desaparecendo aos poucos da mídia, decidiu deixar a fama no lado B.

Se converteu ao cristianismo, se separou e casou de novo. Sua última entrevista foi em 1962. Teve depressão e quando era abordada por fãs dizia que não sabia quem era Bettie Page. Teve um surto psicótico e ficou presa por quase 10 anos. Na década de 90, com ajuda de um advogado conseguiu ganhar dinheiro com o direito de sua imagem que era usada de forma indevida. Teve um ataque cardíaco em 2008, ficou em coma e faleceu uma semana depois.

bettie-page-letras-e-costuras-4

Obrigada por acompanhar!

Pulp Fiction: Figurino e Trilha Sonora

Filme dirigido em 1994 por Quentin Tarantino é considerado um clássico e possui músicas arrasadoras

pulp fiction .jpg

São mais de 20 anos do lançamento de Pulp Fiction, um dos primeiros filmes no currículo do Tarantino. A história possui narrativa não-linear, sempre é comentada e prova que o seu sucesso irá durar mais algumas décadas.

FIGURINO

A responsável pelo figurino foi Betsy Heimann, que também realizou o figurino do filme anterior do Tarantino, Cães de Aluguel (1992). O orçamento era baixo, então Betsy definiu looks minimalistas e que são bastante copiados até hoje em dia.

pulp fiction 3.jpg

Jules (Samuel L. Jackson) e Vincent (John Travolta), usam a mesma roupa. Porém, Jules é pastor e o o seu terno é impecável, mais justo e com o colarinho mais ajustado e, o de Vincent é todo amassado e possui um jeito de cowboy.

pulp fiction mia wallace.jpg

Mia Wallace (Uma Thurman)  utiliza uma camisa  desabotoada na cor branca e comprida. A calça é sequinha e curta, pois a atriz é alta e não tinham dinheiro para comprar outra. O destaque é para o par de sapatilha dourada da Chanel e o esmalte escuro.

pulp fiction butch.jpg

Butch (Bruce Willis) utiliza um jeans da Levi’s feito de poliéster e uma clássica jaqueta de couro.  Jimmy (próprio Quentin Tarantino) utiliza um robe de seda e o Lance (Eric Stoltz) um roupão que foi tingindo por Betsy e a camiseta do Speed Racer é do Tarantino.

TRILHA SONORA

Na minha humilde opinião é uma das melhores, com muito rock’n’roll, surf music, rockabilly, soul! Alguns dos artistas são Dick Dale, Chuck Berry, Urge Overkill, The Lively Ones, Link Wray, The Marketts.

pulp fiction dance.jpg

O que você acha do filme? Obrigada por acompanhar!

Li(n)dos

LIDOS letras e costuras.jpg

Comprar vários livros é muito bom e ler tudo é melhor ainda. Admito que tenho vários livros não lidos, mas quem não? Haha! Enfim, arrumei um espaçozinho na estante com obras incríveis e lidas!

∴The Catcher in the Rye (O Apanhador no Campo de Centeio) / J. D. Salinger / Little, Brown and Company

∴ Este lado do Paraíso / F. Scott Fitzgerald / Cosac Naify

∴ Os Últimos Dias / Liev Tolstói / Penguin Companhia

∴ O Sol também se Levanta / Ernest Hemingway / Bertrand

∴ Anna Kariênina / Liev Tolstói / Cosac Naify

∴ Alice no País das Maravilhas + Alice Através do Espelho / Lewis Carroll / Cosac Naify

∴ O Hobbit / Tolkien /

∴ Contos de Imaginação e Mistério / Edgar Allan Poe / Tordesilhas

Já leu algum desses ou tem vontade? Obrigada por acompanhar!